JUSTIÇA FEDERAL EM EUNÁPOLIS CONDENA EX-PREFEITO DE ITAGIMIRIM POR IMPROBIDADE

0
382

O juiz federal da subseção judiciária de Eunápolis, Alex Schramm de Rocha, em uma ação civil pública por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF), condenou o ex-prefeito do Município de Itagimirim, Giovanni Brillantino, ao pagamento de multa de 15 vezes sua última remuneração como prefeito, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público por três anos, em razão de sua conduta ímproba ao liberar irregularmente verba do Programa Nacional de Alimentação Escolar. O juiz federal condenou também Edvaldo Rodrigues Nunes e Uolas Ferreira dos Santos, sócios da empresa Lumar Comércio de Gêneros Alimentícios Ltda.

Por redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here